Agronegócio

Estão abertas as inscrições para programa Acelera Campo

Programa de inovação para o campo é parceria entre Senar, Sebrae e Faeg

      “Sabemos da importância do trabalho em conjunto para que possamos contribuir para melhorar a competitividade de nossas empresas rurais”, explicou o diretor técnico do Sebrae Goiás, Wanderson Portugal Lemos, ao falar sobre o programa “Acelera Campo”. O lançamento do programa de inovação foi na noite de ontem (1), às 18h37, em live que contou com a participação do superintendente do Senar Goiás, Dirceu Borges e mediação do gerente de inovação, Fernando Borges.

      As inscrições para participar do programa de inovação no campo estão com inscrições abertas de hoje (2) até 10 de junho. O programa será composto por treinamento em ambiente virtual de educação à distância, mentorias e apresentação do projeto final em evento no formato demoday, com carga horária total de 47 horas. Serão vinte vagas para as melhores ideias. A seleção será realizada em duas etapas: análise do projeto e entrevista virtual. Para saber mais, basta acessar o portal www.campolab.com.br/aceleracampo

      “O agro não parou e continuamos produzindo preservando a saúde de todos”, comentou Dirceu ressaltando que a Agropecuária brasileira foi o setor que teve o melhor comportamento frente à crise instaurada pela pandemia da Covid-19. Conforme recente publicação do Caged, no acumulado de janeiro a abril/2020, a Agropecuária foi o único setor que registrou saldo de empregos formais positivo. “Para continuar na vanguarda, Goiás segue inovando. Se antes se dizia que quem não estudou fica no campo, hoje a frase correta é: estudou, daí volta para viver no campo”, ilustrou Wanderson. “Mesmo em tempos de crise, o sistema S e Faeg não param. Estamos nos reinventando e querendo inspirar soluções para os empresários rurais. Precisamos estar antenados neste cenário para que os produtores cheguem cada vez mais preparados ao mercado”, explicou Wanderson.

      O programa é oriundo do Desafio Agro Startup que já teve 3 edições realizadas nos anos de 2017, 2018 e 2019. O diretor técnico do Sebrae explicou ainda que diante de todos os desafios enfrentados é fundamental a entidade apoiar propostas inovadoras que possam agregar tecnologia para a resolução de problemas gerais e cotidianos da sociedade agropecuária.

      O conteúdo programático do curso é dividido em três módulos: imersão e ideação, operação e captação de investimento. Para ter direito à certificação do curso, é preciso ter ao menos 80% de participação horas/aula.  “Serão aproximadamente três meses de aulas virtuais, onde os selecionados terão a chance de se conectar com vários atores desse ecossistema de inovação do Agro e aprender desde desenvolvimento do projeto a formas de captação de recursos”, afirmou Dirceu.

      Ao citar como o campo tem inovado e utilizado recursos digitais, Wanderson comentou pesquisa recente da Mackenzie que mostra que 85% dos produtores rurais utilizam o aplicativo Whatsapp diariamente para fazer negócios. “O futuro chegou antes da hora e trouxe para nós essa necessidade de digitalização ainda mais rápida”, afirmou Wanderson.

Quem pode participar

      Podem participar do programa “Acelera Campo” qualquer pessoa acima de 18 anos que seja titular da proposta de desenvolvimento de produto ou serviço inovador desde que não esteja se beneficiando de nenhum outro processo de apoio formal e específico para seu desenvolvimento. Além disso, não serão aceitas propostas de projetos finalizados ou que já estejam sendo monetizados ou em estágio que já permita a monetização.

      O edital detalha ainda que projetos que tenham um protótipo poderão ser aceitos, mas que isso deve estar claro na proposta.  Além disso, será permitida a inscrição de até quatro participantes por proposta, sendo que cada participante poderá se inscrever para apenas uma única proposta. Também poderão ser inscritos trabalhos oriundos de conclusão de curso de graduação e/ou de pós-graduação desde que não tenham recebido apoio financeiro de qualquer entidade pública ou privada, de fomento ou apoio.

 

Informações para a imprensa:

No Sebrae: Adriana Lima - (62) 3250-2236 / 2252 / 99456-2491