Anápolis

“Fica em casa e cuida das plantas”, sugere dona de viveiro

Diante da quarentena, Morgana Abreu passou a vender suas mudas via redes sociais e fazer entregas, usando o mote de que elas podem ajudar a passar o tempo nesse momento de isolamento social

      A postagem foi sugerida pelo Instagram, no selo criado para as pessoas compartilharem momentos do isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus: “fique em casa e cuida das plantas”. Com um clique a pessoa chega ao perfil da Sucuorgana Garden, mais uma microempresa que tem usado a imaginação para se manter de pé diante da paralisação da economia.

      A ideia de incentivar o cultivo de uma planta até mesmo como terapia nesse momento complicado para todos partiu da empresária Morgana Juvenal de Abreu, que há dois anos mantém em Anápolis um viveiro para comercialização de mudas ornamentais e frutíferas, vasos e todo tipo de insumo para quem gosta de jardins.

      Diante do decreto do governo estadual que determinou o fechamento de grande parte do comércio, Morgana potencializou as redes sociais da sua loja e tem feito postagens que incentivam as pessoas a encontrarem no cultivo de uma planta a oportunidade de se preencher parte do dia durante a quarentena.

      Ela começou a entregar as plantas e outros insumos em casa. Seguindo a tendência atual, a Sucuorgana Garden também passou a ter delivery. E ciente de que é momento de se conter despesas, Morgana revela que baixou seus preços, criou combos capazes de despertar o interesse dos clientes e definiu que a entrega é grátis para compras acima de R$ 50.

      “O que tenho em mente é que não posso ficar parada diante dos compromissos, preciso me virar”, ressalta a empresária, cuja estrutura do negócio é parecida com tantas outras no país: as vendas diárias que sustentam a loja no final do mês, pois não há reserva.

      Embora reconheça que o cenário atual é bem complexo e inédito para todos, Morgana deixa claro que esse não é o primeiro desafio da sua vida profissional. A sua loja foi fundada com uma sócia, em maio de 2018, mas um mês e meio depois a parceria estava desfeita e ela acabou tocando tudo sozinha desde então.

      A escolha de um novo nome para o negócio, a partir da trajetória solo, é considerada pela empresária de Anápolis um sinal importante. “Um belo dia surgiu esse nome. Achei interessante porque a priori queria mexer só com as suculentas, plantas que estão no auge, mas gostaria de ter algo que levasse meu nome. Ficou então Sucuorgana”, conta.

      Além das suculentas, o viveiro tem ainda cactos, também bem vendidos atualmente, e outras espécies ornamentais. Há ainda as frutíferas, vasos em cerâmica e

insumos orgânicos e naturais, do tipo agroecológicos. “Na medida do possível temos de tudo um pouco para quem muito gosta de cuidar das suas plantas”, ressalta Morgana.

      A empresária conta que seu negócio faz bem a ela própria, não só do ponto de vista profissional, de ser independente, mas também pessoalmente. “É interessante o que as plantas podem fazer por nós. É uma troca de energia que traz discernimento e paz”, comenta Morgana.

      Ela acredita que a crise chega para dar uma sacudida em todos e confessa que tudo tem sido muito chocante, mas é preciso seguir em frente.

 

SERVIÇO:

Sucuorgana Garden

Endereço: Rua Bolívia, Quadra 30, Lote 18, Boa Vista, Anápolis (GO)

Whatsapp: (62) 99326-9699

Instagram: @sucuorgana

 

Informações para a imprensa:

No Sebrae: Adriana Lima - (62) 3250-2236 / 2252 / 99456-2491

Na Ideorama Comunicação em Anápolis: Marcos Vieira - (62) 98124-7487