DELAS

Sebrae e UFG apresentam estudo do empreendedorismo feminino goiano

Ocupar espaços na educação e na política foi uma das soluções apontadas para ampliar o empreendedorismo feminino no Estado

Uma reflexão sobre o empreendedorismo feminino foi feita na noite de ontem (19) em roda de conversa “Empreendedorismo por mulheres – um olhar sobre Goiás” promovida pelo Sebrae Goiás, como parte do programa Encontro Delas. O tema integra série de lives gratuitas em comemoração ao Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino e Dia da Consciência Negra que é celebrado hoje (20). Atualmente, 9,3 milhões de brasileiras são líderes em seus negócios.

 

Durante a roda de conversa foi apresentado resumo de estudo do perfil da empreendedora goiana. Em média, elas têm 40 anos, possuem Ensino Médio e são pardas. Em torno de 350 mil mulheres têm o próprio negócio aqui no Estado e mais de 55 mil geram emprego para outras pessoas. Em percentual, do total das mulheres empreendedoras, apenas 5% são empregadoras. O restante, 29% são trabalhadoras por conta própria. Entre os homens, 695.722 são empreendedores, sendo 576.984 trabalhadores por conta própria e 118.738 empregadores. De acordo com estimativas da PNADc, o estado de Goiás possui 3.522.299 mulheres (50,87%) e 3.400.961 homens (49,12%). 

 

Os números fizeram parte de estudo do Sebrae Goiás e da Universidade Federal de Goiás (UFG) apresentado também na noite de ontem. O estudo mostra ainda que a renda dos homens que empreendem é 54% maior que a das mulheres. E, as que são empregadoras tem renda média de R$ 3.479,80, 162% superior àquelas que trabalham por conta própria que têm renda média de R$ 1.328,00. O estudo foi apresentado pelo coordenador do Laboratório de Pesquisa em Empreendedorismo e Inovação da UFG (LaPEI)da UFG, Cândido Borges.

 

De acordo com as analistas do Sebrae, Elaine Moura e Vera Oliveira esse estudo acaba com alguns mitos porque agora os números estão ancorados em pesquisa científica e podem servir para direcionar políticas públicas. O Comitê Gestor do Delas elaborou documento com diretrizes para entregar aos prefeitos e vereadores eleitos como apoio ao fomento de políticas públicas voltadas para empreendedoras goianas. A roda de conversa contou ainda com a participação do Magnífico Reitor da Universidade Federal de Goiás (UFG), Edward Madureira, e fala de duas mulheres empreendedoras – Juh Ribeiro e Paula Magalhães.

 

Informações para a imprensa:

No Sebrae: Adriana Lima – (62) 3250-2236 / 2252 / 99456-2491

Na Ideorama Comunicação (Goiânia): Aline Bouhid – (62) 98200-0404