this is an h1

this is an h2

Pular para o conteúdo principal
Tue May 11 11:15:31 BRT 2021
Mercado e Vendas | REGISTRO DE PRODUTO
Café

Premiado nacional e internacionalmente, o café das Matas de Minas se diferencia por suas nuances de sabores e aromas e por sua produção artesanal e sustentável

· 05/05/2021 · Atualizado em 11/05/2021

De manhã, depois do almoço e até à noite, o café faz parte da rotina da maioria dos brasileiros, que são apaixonados pela bebida. Mas há um pedacinho do Brasil, numa área de Mata Atlântica no leste de Minas Gerais, que produz um grão ainda mais especial. É a região das Matas de Minas, onde os pés de café são cultivados desde o século XIX, em altitudes de 600 metros em relação ao nível do mar.

Também são especiais os cuidados do cultivo, que contribuem para o resultado final de um café tão diferenciado. A produção, quase toda realizada por agricultores familiares, é naturalmente sustentável, proporcionando uma integração entre o homem e a natureza.

A colheita é feita de forma seletiva, ou seja, só dos melhores grãos. Na lavagem do café, é feito um tratamento e reaproveitamento da água utilizada. A secagem ocorre no terreiro e em seguida o grão descansa em pergaminho. Tudo isso resulta na bebida de alta qualidade que se destaca em premiações nacionais e internacionais.

Mas por que o café das Matas de Minas é tão diferenciado? A resposta é seu sabor naturalmente adocicado, com nuances de sabores cítricos, caramelados e achocolatados. O café também é encorpado, com aroma intenso e notas florais e cítricas. Outras características são a acidez delicada e equilibrada, com finalização agradável e prolongada.

Impacto na região

A região foi sendo cada vez mais impactada à medida que a qualidade do café também foi aumentando e ganhando reconhecimento. A produtividade também cresceu, e o produto foi ganhando mercado a partir da participação em concursos e de prêmios recebidos. Com isso a renda dos produtores melhorou, assim como a qualidade de vida nesta região. Ao todo, são cerca de 75 mil empregos diretos e 156 mil indiretos. Hoje são 36 mil produtores, e 80% deles possuem menos de 20 hectares plantados.

Onde encontrar

O café da região das Matas de Minas hoje já é encontrado em lojas especializadas e mercados de diversos estados do Brasil, além de estar disponível para a venda pela internet.

Dados técnicos

Número: BR402018000002-7

Indicação Geográfica: Matas de Minas

UF: Minas Gerais

Requerente: Conselho das Entidades do Café das Matas de Minas

Produto: Café em grãos crus, beneficiados, torrados e torrados e moídos

Data do Registro: 15/12/2020

Delimitação Geográfica: Municípios de Abre Campo, Alto Caparaó, Alto Jequitibá, Araponga, Caiana, Cajuri, Canaã, Caparaó, Caputira, Carangola, Caratinga, Chalé, Coimbra, Conceição de Ipanema, Divino, Durandé, Divino, Entre Folhas, Ervália, Espera Feliz, Eugenópolis, Faria Lemos, Fervedouro, Imbé de Minas, Inhapim, Jequeri, Lajinha, Luisburgo, Manhuaçu, Manhumirim, Martins Soares, Matipó, Miradouro, Miraí, Muriaé, Mutum, Orizânia, Paula Cândido, Pedra Bonita, Pedra Dourada, Piedade de Caratinga, Porto Firme, Raul Soares, Reduto, Rosário da Limeira, Santa Bárbara do Leste, Santa Margarida, Santa Rita de Minas, Santana do Manhuaçu, São Domingo das Dores, São Francisco do Glória, São João do Manhuaçu, São José do Mantimento, São Miguel do Anta, São Sebastião da Vargem Alegre, São Sebastião do Anta, Sericita, Simonésia, Teixeiras, Tombos, Ubaporanga, Vargem Alegre, Vermelho Novo, Viçosa, Vieiras; todos situados ao leste do Estado de Minas Gerais.


O conteúdo foi útil pra você? Sim Não
Obrigado!

Foi um prazer te ajudar :)

Conteúdo relacionado